Tag Archives: Brasil

Semiologia dos meios: Comunicação em rede contra os monopólios midiáticos foi tema de I roda de conversa promovida pela Santa Luz Fm

Na noite da última Segunda-Feira (26), a Associação de Radiodifusão Comunitária Santa Luz FM em parceria com a Rádio Web Pós-Crítica do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural da Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus II – Alagoinhas, promoveu a I Roda de Conversa com o tema: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos.

O evento aconteceu na sede da APLB de Santa Luz, situada no Território do Sisal, e contou como animadores da mesa temática o Comunicólogo Edisvânio do Nascimento Pereira (mestrando em Crítica Cultural/UNEB); Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira (Pós-Crítica/UNEB) e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos (Pós-Crítica/UNEB) e contou com as presenças de lideranças sociais, políticos, profissionais da educação, agitadores culturais, estudantes, comunicadores e sites locais.

De acordo com Edisvânio Nascimento “A ideia neste primeiro momento foi trazermos algumas imagens e reflexões acerca do cenário atual, no que diz respeito à compreensão dos sistemas de significação desenvolvidos pela sociedade brasileira, sobretudo, no que se refere à importância da comunicação em rede para o enfrentamento contra os monopólios midiáticos, além disso, ampliar a discussão envolvendo lideranças sociais, profissionais da educação, agitadores culturais, estudantes e todos aqueles que pensam no ser humano como seres humanos”.

O comunicólogo ressaltou a importância do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural e da implantação da Rádio Web Pós-Crítica, a “qual será uma grande parceira da Santa Luz FM e que sem dúvidas vai proporcionar o encurtamento da distância entre o mestrado, a Universidade e Santa Luz, e claro, o território do Sisal. Nosso pensamento é criarmos grupos que possam pensar estratégias para o enfrentamento dos oligopólios, combatermos com o bom combate estas barbáries e conteúdos que estão sendo “enfiados” de forma verticalizada, ditatorial e alienadora das mídias golpistas, orquestrada por um projeto neoliberal que está a serviço de interesses patriarcais e de uma burguesia fascista e falso moralista, que por muitas vezes falam as suas verdades e provocam assim a dominação por meio de seus discursos reacionários, misóginos, rancorosos, preconceituosos, homofóbicos, legalistas, cerceando a liberdade de pensamento e de expressão das classes trabalhadoras, que sem sombras de duvidas é a maior reserva deste país.” Concluiu Edisvânio.

Para o Prof. Dr. Osmar Moreira dos santos é importante destacar que gostou muito do evento e enfatizou a qualidade e forças de três coisas “1) o profissionalismo e compromisso social da equipe da rádio comunitária de Santa Luz; 2) pelo alto nível da discussão sobre semiologia dos meios: comunicação em rede para combater os oligopólios midiáticos; 3) pelos encaminhamentos finais visando a parceria entre a rádio comunitária, o Pós-Critica, e movimentos sociais, associações docentes e discentes, com o objetivo de resistir ao estado de exceção instalado recentemente no Brasil”.

Osmar finalizou dizendo que “Nossas lutas coletivas serão imprescindíveis para fazer retornar a normalidade democrática, anular e enxotar os golpistas, e conquistar a cidadania cultural do Brasil, que estava em curso entre 2002-2014”.

De acordo com a Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira “o encontro foi muito bom. Uma conversa qualificada com pessoas interessadas, mobilizadas. Penso que, como dissemos, pode significar um encontro entre tantos outros agenciamentos que poderemos desenvolver em conjunto, em parceria para se pensar, articular uma outra cadeia produtiva, em contraponto a uma ordem discursiva capitalista, patriarcal, etnocêntrica, excludente”.

De acordo com Maria Amélia Nascimento que é Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da UNEB Campus I em Salvador e Professora da rede municipal de ensino há mais de 20 anos, “o evento semiologia dos meios: comunicação em rede para combater os oligopólios midiáticos, realizado ontem, foi importante, principalmente pelas reflexões e fundamentos que os palestrantes Edisvânio Nascimento; Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos abordaram sobre os conteúdos que as redes/mídias de comunicação e informação disseminam para as massas. E o modo como essas informações influencia a vida das pessoas tanto individualmente quanto na coletividade”.

Maria Amélia destacou ainda que “foi um evento importante, necessário para que a comunidade luzense possa pensar melhor o momento sobre o poder das grandes mídias, e, assim buscar outras formas de enfrentamento. Por outro lado, foi gratificante, prestigiarmos a nossa conterrânea a Dra. Jailma Pedreira que de modo muito simples e emocionante falou sobre seu trabalho como educadora e pesquisadora”.

Já Clenildo da Cunha Peixinho, Diretor da APLB/Sindicato delegacia Sisal Norte Santa Luz, destaca a gratidão da APLB pela oportunidade de participar da I Roda de Conversa e aproveitou para “parabenizar e agradecer a Rádio Comunitária Santa Luz FM e o Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural da Universidade do Estado da Bahia, Campus II – Alagoinhas, que segundo ele, “foi a realização do grandioso evento, ocorrido no auditório da APLB”.

Clenildo aproveitou também para agradecer ao comunicador Edisvânio Nascimento pela mediação, à Dra. Jailma Pedreira e ao Dr. Osmar Moreira e acrescentou considerando “que foi um evento que vai repercutir no município de Santa Luz, por estarem presentes Educadores e Sociedade Civil, de grande influência no município”. Ainda de acordo com Clenildo, a “discussão foi muito qualificada, que deixou o desejo da realização de outros encontros para tratar da temática: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos. Parabéns a todos os envolvidos! Concluiu.

Após a roda de conversa foram lançados os livros: Um Oswald de bolso (Quarteto, 2010); A luta desarmada dos subalternos (Ufmg, 2016); Primeiros passos de um crítico cultural (EdUNEB, 2016); Folhas venenosas do discurso (Quarteto, 2002) e Arquivos testemunhos e pobreza no Brasil (Eduneb, 2016).

O evento teve como organizadores a Rádio Comunitária Santa Luz FM, Rádio Web Pós-Crítica – UNEB – Alagoinhas e contou com o apoio cultural da APLB de Santa Luz e dos sites Vem Ver cidade e Notícias de Santa Luz.

 

Redação: Santa Luz FM

Animadores da I roda de conversa promovida pela Santa Luz FM dialogam no rádio revista sobre o tema Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos

Na última Segunda-Feira (26), o programa Rádio Revista da Rádio Comunitária Santa Luz FM, mediado pelo radialista Dil Carmo, recebeu o Comunicólogo Edisvânio do Nascimento Pereira (mestrando em Crítica Cultural/UNEB); Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira (Pós-Crítica/UNEB) e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos (Pós-Crítica/UNEB), que participaram como animadores da I Roda de Conversa com o tema: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos.

Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira

Dr. Osmar Moreira dos Santos

Durante o bate papo que durou mais de 50 minutos, os animadores da mesa fizeram um preâmbulo como aquecimento, a respeito do tema e destacaram as suas expectativas.

O evento teve como organizadores a Rádio Comunitária Santa Luz FM, Rádio Web Pós-Crítica – UNEB – Alagoinhas e contou com o apoio cultural da APLB de Santa Luz e dos sites Vem Ver cidade e Notícias de Santa Luz.

Redação: Santa Luz FM

Confira aqui os melhores momentos.

Santa Luz FM realiza segundo dia de última série de entrevistas com prefeituráveis e Quitéria Carneiro não comparece mais uma vez

dsc_0151

Na manhã desta quinta-feira (22), a Rádio Comunitária Santa Luz FM, realizou o segundo dia da última série de entrevistas com prefeituráveis de Santa Luz. De acordo com informações da Assessoria da rádio, a entrevistada seria a candidata Quitéria Carneiro Araújo, Coligação É a vontade do povo – PSD – PP – PDT, que mais uma vez não compareceu e nem justificou a sua ausência.

Ainda conforme a emissora, a candidata e a coligação É a vontade do povo tem conhecimento de todos os procedimentos, e que a candidata não participou nem do debate nem das entrevistas. A rádio reitera que “a emissora procura cumprir todos os procedimentos e regras que foram discutidas junto às coligações e que tais procedimentos foram informados à candidata e seus assessores por meio de documentos oficiais”. Disse a assessoria do Departamento de programação e jornalismo da rádio.

dsc_0158

A rádio diz ainda que tudo foi feito com lisura e transparência e que o que foi para ser decidido, aconteceu de forma democrática, sempre procurando respeitar a todas as coligações e partidos, conforme nos assegura a nossa Constituição Federal e que para o conhecimento do público mantém cópias de todos os documentos e procedimentos adotados para a realização tanto do debate quanto das entrevistas, à disposição da comunidade. Podendo ser acessado também, através do seu portal de noticias em www.santaluzfm.com.br

Nesta sexta-feira (23), a emissora encerrará a série de entrevistas e o candidato a ser entrevistado será Joelcio Martins do PMDB, pela coligação RENASCE A ESPERANÇA.

 

 

Rádio Comunitária Santa Luz FM

Israel diz que Brasil é ‘irrelevante’ na política internacional

A decisão do governo brasileiro de retirar seu embaixador de Tel Aviv, em Israel, foi criticada pelo ministério do Exterior israelense nesta quinta-feira (24).

Primeiro-ministro de Israel, Benyamin Netanyahu Foto: Ansa

“Esse tipo de conduta mostra porque o Brasil, grande potência cultural e econômica, fica irrelevante na arena mundial”, emitiu em nota o ministério. O ato revela um duplo comportamento do Brasil, que é parte do problema em vez de contribuir para uma solução”.

Na noite da última quarta-feira (23), o ministério das Relações Exteriores emitiu uma nota em que convoca o embaixador brasileiro “para consultas”. A decisão do Brasil foi baseada no fato de achar “inaceitável a escalada de violência entre Israel e Palestina”.

“Condenamos energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza, do qual resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças. O Governo brasileiro reitera seu chamado a um imediato cessar-fogo entre as partes. Diante da gravidade da situação, o Governo brasileiro votou favoravelmente a resolução do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre o tema”, explica o texto.

Ainda ontem a ONU abriu uma investigação para verificar se os israelenses cometeram crimes contra a humanidade, ao atacar civis palestinos na Faixa de Gaza. O primeiro-ministro de Israel, Benyamin Netanyahu, classificou essa investigação de “piada”.

Informações Agencia Ansa.

O pior vexame da história: Brasil 1-7 Alemanha

Vexame. Massacre. É impossível colocar uma palavra para descrever a derrota do Brasil nas semifinais da Copa do Mundo FIFA 2014. Em partida realizada no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, a Alemanha venceu por 7-1 e impôs a maior derrota brasileira na história, que era de 6-0 para o Uruguai em 1920.

Os gols foram marcados por Thomas Müller, Miroslav Klose, Khedira, Toni Kroos (2) e Schürrle (2). Oscar diminuiu para a Seleção Canarinho. Além da vitória, Klose marcou um gol e superou o recorde na artilharia dos Mundiais, com 16 gols marcados.

As duas equipes entram em campo ainda neste fim de semana pelo Mundial, mas ainda não conhecem seus adversários. O Brasil entra em campo no sábado (12), às 17 horas, em Brasília, pela decisão do terceiro lugar. A Alemanha volta a disputar um jogo no Maracanã e pode quebrar o jejum de 24 anos sem conquistar a taça. O adversário irá sair da segunda semifinal entre Holanda – Argentina.

O jogo

Esqueçam o Maracanazzo, quando o Brasil foi derrotado em 1950 para o Uruguai no jogo final. O Brasil até começou no setor ofensivo, mas quando a Alemanha chegou ao ataque, não saiu mais. A cada subida ao gol defendido por Júlio César era um tormento. Aos 10 minutos, Toni Kroos cobrou escanteio e Thomas Müller completou para o gol sozinho: 0-1.

O Brasil se abateu com o gol, mas ninguém imaginava que o pior, o trágico, o horrendo estava por mim. Em seis minutos, quatro gols. Aos 22, Klose se isolou na artilharia na história dos Mundiais e marcou 0-2. Aos 24 e aos 25, Toni Kroos marcou dois gols. Aos 28, Khedira deixou o Mineirão perplexo. Com 30 minutos de jogo, o Brasil era derrotado em seus domínios por 5-0. E parecia caber mais. Muito mais. E a torcida caía em prantos.

No segundo tempo, duas alterações feitas por Luiz Felipe Scolari. Fernandinho e Hulk saíram para a entrada de Paulinho e Ramires. A Alemanha tirou o pé e o Brasil ficou frente a frente com o goleiro Neuer. Melhor para o arqueiro alemão, que fez milagres e coroou uma atuação impecável de seu país.

Joachim Löw, técnico da Alemanha, promoveu a entrada de Schürrle para a torcida homenagear Klose. E o atacante foi ainda mais impiedoso. Ao aproveitar espaços deixados pela defesa, Schürrle marcou aos 23 e aos 33 minutos do segundo tempo e ampliou ainda mais a vergonha histórica: 0-7. Aos 45 minutos, um gol de honra sem tanta honra assim. Oscar se livrou da marcação e marcou na saída de Neuer. Final de jogo: Brasil 1-7 Alemanha.

Informações Esporte Nordeste/ Edição Joel Santos.