Tag Archives: Educação

Semiologia dos meios: Comunicação em rede contra os monopólios midiáticos foi tema de I roda de conversa promovida pela Santa Luz Fm

Na noite da última Segunda-Feira (26), a Associação de Radiodifusão Comunitária Santa Luz FM em parceria com a Rádio Web Pós-Crítica do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural da Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus II – Alagoinhas, promoveu a I Roda de Conversa com o tema: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos.

O evento aconteceu na sede da APLB de Santa Luz, situada no Território do Sisal, e contou como animadores da mesa temática o Comunicólogo Edisvânio do Nascimento Pereira (mestrando em Crítica Cultural/UNEB); Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira (Pós-Crítica/UNEB) e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos (Pós-Crítica/UNEB) e contou com as presenças de lideranças sociais, políticos, profissionais da educação, agitadores culturais, estudantes, comunicadores e sites locais.

De acordo com Edisvânio Nascimento “A ideia neste primeiro momento foi trazermos algumas imagens e reflexões acerca do cenário atual, no que diz respeito à compreensão dos sistemas de significação desenvolvidos pela sociedade brasileira, sobretudo, no que se refere à importância da comunicação em rede para o enfrentamento contra os monopólios midiáticos, além disso, ampliar a discussão envolvendo lideranças sociais, profissionais da educação, agitadores culturais, estudantes e todos aqueles que pensam no ser humano como seres humanos”.

O comunicólogo ressaltou a importância do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural e da implantação da Rádio Web Pós-Crítica, a “qual será uma grande parceira da Santa Luz FM e que sem dúvidas vai proporcionar o encurtamento da distância entre o mestrado, a Universidade e Santa Luz, e claro, o território do Sisal. Nosso pensamento é criarmos grupos que possam pensar estratégias para o enfrentamento dos oligopólios, combatermos com o bom combate estas barbáries e conteúdos que estão sendo “enfiados” de forma verticalizada, ditatorial e alienadora das mídias golpistas, orquestrada por um projeto neoliberal que está a serviço de interesses patriarcais e de uma burguesia fascista e falso moralista, que por muitas vezes falam as suas verdades e provocam assim a dominação por meio de seus discursos reacionários, misóginos, rancorosos, preconceituosos, homofóbicos, legalistas, cerceando a liberdade de pensamento e de expressão das classes trabalhadoras, que sem sombras de duvidas é a maior reserva deste país.” Concluiu Edisvânio.

Para o Prof. Dr. Osmar Moreira dos santos é importante destacar que gostou muito do evento e enfatizou a qualidade e forças de três coisas “1) o profissionalismo e compromisso social da equipe da rádio comunitária de Santa Luz; 2) pelo alto nível da discussão sobre semiologia dos meios: comunicação em rede para combater os oligopólios midiáticos; 3) pelos encaminhamentos finais visando a parceria entre a rádio comunitária, o Pós-Critica, e movimentos sociais, associações docentes e discentes, com o objetivo de resistir ao estado de exceção instalado recentemente no Brasil”.

Osmar finalizou dizendo que “Nossas lutas coletivas serão imprescindíveis para fazer retornar a normalidade democrática, anular e enxotar os golpistas, e conquistar a cidadania cultural do Brasil, que estava em curso entre 2002-2014”.

De acordo com a Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira “o encontro foi muito bom. Uma conversa qualificada com pessoas interessadas, mobilizadas. Penso que, como dissemos, pode significar um encontro entre tantos outros agenciamentos que poderemos desenvolver em conjunto, em parceria para se pensar, articular uma outra cadeia produtiva, em contraponto a uma ordem discursiva capitalista, patriarcal, etnocêntrica, excludente”.

De acordo com Maria Amélia Nascimento que é Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da UNEB Campus I em Salvador e Professora da rede municipal de ensino há mais de 20 anos, “o evento semiologia dos meios: comunicação em rede para combater os oligopólios midiáticos, realizado ontem, foi importante, principalmente pelas reflexões e fundamentos que os palestrantes Edisvânio Nascimento; Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos abordaram sobre os conteúdos que as redes/mídias de comunicação e informação disseminam para as massas. E o modo como essas informações influencia a vida das pessoas tanto individualmente quanto na coletividade”.

Maria Amélia destacou ainda que “foi um evento importante, necessário para que a comunidade luzense possa pensar melhor o momento sobre o poder das grandes mídias, e, assim buscar outras formas de enfrentamento. Por outro lado, foi gratificante, prestigiarmos a nossa conterrânea a Dra. Jailma Pedreira que de modo muito simples e emocionante falou sobre seu trabalho como educadora e pesquisadora”.

Já Clenildo da Cunha Peixinho, Diretor da APLB/Sindicato delegacia Sisal Norte Santa Luz, destaca a gratidão da APLB pela oportunidade de participar da I Roda de Conversa e aproveitou para “parabenizar e agradecer a Rádio Comunitária Santa Luz FM e o Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural da Universidade do Estado da Bahia, Campus II – Alagoinhas, que segundo ele, “foi a realização do grandioso evento, ocorrido no auditório da APLB”.

Clenildo aproveitou também para agradecer ao comunicador Edisvânio Nascimento pela mediação, à Dra. Jailma Pedreira e ao Dr. Osmar Moreira e acrescentou considerando “que foi um evento que vai repercutir no município de Santa Luz, por estarem presentes Educadores e Sociedade Civil, de grande influência no município”. Ainda de acordo com Clenildo, a “discussão foi muito qualificada, que deixou o desejo da realização de outros encontros para tratar da temática: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos. Parabéns a todos os envolvidos! Concluiu.

Após a roda de conversa foram lançados os livros: Um Oswald de bolso (Quarteto, 2010); A luta desarmada dos subalternos (Ufmg, 2016); Primeiros passos de um crítico cultural (EdUNEB, 2016); Folhas venenosas do discurso (Quarteto, 2002) e Arquivos testemunhos e pobreza no Brasil (Eduneb, 2016).

O evento teve como organizadores a Rádio Comunitária Santa Luz FM, Rádio Web Pós-Crítica – UNEB – Alagoinhas e contou com o apoio cultural da APLB de Santa Luz e dos sites Vem Ver cidade e Notícias de Santa Luz.

 

Redação: Santa Luz FM

Uefs inscreve para isenção da taxa do vestibular a partir desta terça-feira dia 12 de Agosto

uefs

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) publicou o edital do processo de isenção da taxa do vestibular 2015.1 (ProSel), que terá as provas aplicadas de 30 de novembro a 2 de dezembro de 2014. A inscrição deve ser feita a partir da próxima terça-feira (12) até as 18h do dia 22 de agosto, no site da Uefs, seção ProSel.

São oferecidas três mil isenções a candidatos que cursaram o ensino médio ou equivalente, exclusivamente em estabelecimento da rede pública de ensino, incluindo, nesta situação, quem está concluindo o terceiro ano em 2014. Também tem direito ao benefício o estudante que estiver cursando o ensino médio por meio de exames supletivos, ou curso equivalente, em estabelecimento da rede pública de ensino, e comprovar, até a data do pedido, a aprovação nas disciplinas de português e matemática. O beneficiado não pode ter diploma de nível superior nem estar matriculado em qualquer instituição de ensino superior.

Segundo a Uefs, o número de isenções oferecidas deve superar as três mil, pois têm direito garantido os servidores efetivos das quatro universidades estaduais baianas (Uefs, Uneb, Uesb e Uesc), bem como os dependentes diretos. Mais informações podem ser obtidas na Coordenação de Seleção e Admissão da Uefs, localizada no prédio da Reitora, no 1º andar, ou pelo telefone 75-3161-8030.

Com Informações da Secom.ba.gov.br – Edição: Sidiclei Oliveira

ProUni: estudantes em lista de espera têm até hoje para entregar documentos

Arquivo/Agência Brasil

Acaba hoje (30) o prazo para os estudantes que aderiram à lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) entregarem à instituição particular de educação superior a documentação que comprove as informações prestadas no momento da inscrição. A partir de agora, caberá ao estudante acompanhar as informações e proceder à matrícula diretamente com as instituições de ensino.

Podem aderir à lista de espera os candidatos não selecionados nas chamadas regulares, os pré-selecionados em segunda opção de curso e quem não foi chamado por não haver formação de turma no curso.

O ProUni oferece bolsa de estudo integral ou parcial (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior. O estudante precisa comprovar renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio para a bolsa integral, e de até três salários mínimos para a bolsa parcial. Esta segunda edição de 2014 do programa oferece 115.101 bolsas e tem 653.992 inscritos

Informações Agencia Brasil.

Governo quer estimular municípios a planejar implantação do PNE

Com a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), que agora aguarda apenas a sanção do Planalto para que as metas comecem a ser cumpridas, a estratégia do governo será estimular estados e municípios a elaborar planejamentos próprios, para a área, o mais rápido possível. As 20 metas estabelecidas no plano precisam balizar essas medidas para que o PNE produza o impacto esperado na educação brasileira.

Hoje (4), durante um café da manhã com a Frente Parlamentar de Educação, o ministro da Educação, Henrique Paim, lembrou que a raiz da desigualdade no país está na educação básica e que os recursos para o segmento vêm aumentando ao longo dos anos. A educação básica é responsabilidade dos estados e municípios, mas cabe à União o apoio financeiro e técnico.