Tag Archives: Guerra

Israel convoca 16 mil soldados da reserva para reforçar operação militar em Gaza

Soldados israelenses durante ofensiva na Faixa de GazaDireitos Reservados/Atef Safadi/Agência Lusa

Israel convocou mais 16 mil soldados da reserva para reforçar a operação militar na Faixa de Gaza. Com o anúncio, feito hoje (31) pelo Exército do país, o número de soldados mobilizados sobre para 86 mil. De acordo com a instituição, o acréscimo vai permitir o descanso de tropas. O mais recente conflito entre Israel e o Hamas começou no dia 8 de julho e se intensificou com a entrada, por terra, de tropas israelenses em Gaza no dia 17.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou também hoje que, “com ou sem cessar-fogo”, o Exército continuará a destruir os túneis usados pelo movimento de resistência islâmica para lançar ataques contra seu país.

“Estamos determinados a concluir esta missão com ou sem cessar-fogo. Nunca aceitaremos qualquer proposta que não permita ao Exército israelense terminar este trabalho”, disse Netanyahu, antes de participar do Conselho de Ministros em Tel Aviv. Segundo ele, já foram demolidos dezenas de túneis.

A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, disse em Genebra, na Suíça, que “as duas partes cometem graves violações dos direitos humanos, que podem constituir crimes em relação ao direito internacional humanitário”. Em relação a Israel, ela acusou o governo de “desafiar deliberadamente as obrigações definidas no direito internacional”.

Desde o início da Operação Margem Protetora, deflagrada pelo governo de Israel, pelo menos 1.370 palestinos foram mortos, de acordo com as autoridades palestinas, sendo mais de 245 crianças. Do outro lado, 56 soldados israelenses e três civis foram mortos.

Informações Agencia Brasil.

Gaza: 22 palestinos morrem em ataques durante trégua humanitária

Foto: The Independent

Pelo menos 22 palestinos morreram e cerca de 150 ficaram feridos depois de uma sequência de ataques do Exército israelense na Faixa de Gaza, durante uma trégua humanitária decretada por Israel.

De acordo com o porta-voz dos serviços de emergência, Ashraf Al Qudra, 15 pessoas morreram e 150 ficaram feridas num ataque a um mercado movimentado no bairro de Chajaya, entre a Cidade de Gaza e a fronteira israelense.

Antes, um ataque aéreo israelense, no sudeste da Faixa de Gaza, matou sete palestinos.

Ambos os ataques ocorreram durante a trégua humanitária de quatro horas anunciada hoje por Israel, a partir das 15h locais (9h, no horário de Brasília) e que foi considerada um golpe publicitário pelo movimento de resistência islâmica Hamas.

O Exército israelense alertou a trégua não se aplicaria às zonas onde os soldados “estão atualmente envolvidos nas operações”.

Informações Agencia Brasil.

Bombardeios de Israel em Gaza já mataram 121 crianças, diz Unicef

Menino palestino carrega colchão retirado dos escombros do apartamento de sua família, bombardeado nesta terça-feira (22) no centro da cidade de Gaza (Foto: Mohammed Abed/AFP)

Um total de 121 crianças palestinas, 80 delas de menos de 12 anos – morreram desde que Israel começou a ofensiva militar contra o território palestino de Gaza, informou o Unicef, o organismo das Nações Unidas para a proteção da infância, nesta terça-feira (22). Segundo os dados, 84 vítimas eram meninos e 37 meninas, com idades que variavam entre cinco meses e 17 anos.

Pelo menos 904 outras crianças ficaram feridas, acrescentou o órgão. Com as mortes ocorridas nesta terça em Gaza, as vítimas palestinas da ofensiva israelense já somam 593 pessoas em 15 dias. No mesmo período, 27 soldados israelenses também morreram, os dois últimos em combates na noite desta segunda (21), além de dois civis, um israelense e um beduíno, depois que foram atingidos por foguetes lançados da Faixa de Gaza.

O Escritório de Assuntos Humanitários da ONU descreveu como “devastadora” a situação para a população de Gaza, um território de altíssima densidade demográfica, com 4.500 pessoas por quilômetro quadrado. “Literalmente, não há um espaço que seja seguro para os civis”, destacou o porta-voz, Jens Laerke.

Segundo uma rápida avaliação realizada por voluntários em Gaza, 107 mil crianças precisam de tratamento especializado pelo trauma que sofreram ao vivenciar ataques que mataram suas famílias ou destruíram suas casas. Por enquanto, as equipes de emergência conseguiram oferecer esse tipo de apoio a menos de 900 crianças.

Informações G1.