Tag Archives: Rádio

Semiologia dos meios: Comunicação em rede contra os monopólios midiáticos foi tema de I roda de conversa promovida pela Santa Luz Fm

Na noite da última Segunda-Feira (26), a Associação de Radiodifusão Comunitária Santa Luz FM em parceria com a Rádio Web Pós-Crítica do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural da Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus II – Alagoinhas, promoveu a I Roda de Conversa com o tema: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos.

O evento aconteceu na sede da APLB de Santa Luz, situada no Território do Sisal, e contou como animadores da mesa temática o Comunicólogo Edisvânio do Nascimento Pereira (mestrando em Crítica Cultural/UNEB); Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira (Pós-Crítica/UNEB) e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos (Pós-Crítica/UNEB) e contou com as presenças de lideranças sociais, políticos, profissionais da educação, agitadores culturais, estudantes, comunicadores e sites locais.

De acordo com Edisvânio Nascimento “A ideia neste primeiro momento foi trazermos algumas imagens e reflexões acerca do cenário atual, no que diz respeito à compreensão dos sistemas de significação desenvolvidos pela sociedade brasileira, sobretudo, no que se refere à importância da comunicação em rede para o enfrentamento contra os monopólios midiáticos, além disso, ampliar a discussão envolvendo lideranças sociais, profissionais da educação, agitadores culturais, estudantes e todos aqueles que pensam no ser humano como seres humanos”.

O comunicólogo ressaltou a importância do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural e da implantação da Rádio Web Pós-Crítica, a “qual será uma grande parceira da Santa Luz FM e que sem dúvidas vai proporcionar o encurtamento da distância entre o mestrado, a Universidade e Santa Luz, e claro, o território do Sisal. Nosso pensamento é criarmos grupos que possam pensar estratégias para o enfrentamento dos oligopólios, combatermos com o bom combate estas barbáries e conteúdos que estão sendo “enfiados” de forma verticalizada, ditatorial e alienadora das mídias golpistas, orquestrada por um projeto neoliberal que está a serviço de interesses patriarcais e de uma burguesia fascista e falso moralista, que por muitas vezes falam as suas verdades e provocam assim a dominação por meio de seus discursos reacionários, misóginos, rancorosos, preconceituosos, homofóbicos, legalistas, cerceando a liberdade de pensamento e de expressão das classes trabalhadoras, que sem sombras de duvidas é a maior reserva deste país.” Concluiu Edisvânio.

Para o Prof. Dr. Osmar Moreira dos santos é importante destacar que gostou muito do evento e enfatizou a qualidade e forças de três coisas “1) o profissionalismo e compromisso social da equipe da rádio comunitária de Santa Luz; 2) pelo alto nível da discussão sobre semiologia dos meios: comunicação em rede para combater os oligopólios midiáticos; 3) pelos encaminhamentos finais visando a parceria entre a rádio comunitária, o Pós-Critica, e movimentos sociais, associações docentes e discentes, com o objetivo de resistir ao estado de exceção instalado recentemente no Brasil”.

Osmar finalizou dizendo que “Nossas lutas coletivas serão imprescindíveis para fazer retornar a normalidade democrática, anular e enxotar os golpistas, e conquistar a cidadania cultural do Brasil, que estava em curso entre 2002-2014”.

De acordo com a Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira “o encontro foi muito bom. Uma conversa qualificada com pessoas interessadas, mobilizadas. Penso que, como dissemos, pode significar um encontro entre tantos outros agenciamentos que poderemos desenvolver em conjunto, em parceria para se pensar, articular uma outra cadeia produtiva, em contraponto a uma ordem discursiva capitalista, patriarcal, etnocêntrica, excludente”.

De acordo com Maria Amélia Nascimento que é Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da UNEB Campus I em Salvador e Professora da rede municipal de ensino há mais de 20 anos, “o evento semiologia dos meios: comunicação em rede para combater os oligopólios midiáticos, realizado ontem, foi importante, principalmente pelas reflexões e fundamentos que os palestrantes Edisvânio Nascimento; Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos abordaram sobre os conteúdos que as redes/mídias de comunicação e informação disseminam para as massas. E o modo como essas informações influencia a vida das pessoas tanto individualmente quanto na coletividade”.

Maria Amélia destacou ainda que “foi um evento importante, necessário para que a comunidade luzense possa pensar melhor o momento sobre o poder das grandes mídias, e, assim buscar outras formas de enfrentamento. Por outro lado, foi gratificante, prestigiarmos a nossa conterrânea a Dra. Jailma Pedreira que de modo muito simples e emocionante falou sobre seu trabalho como educadora e pesquisadora”.

Já Clenildo da Cunha Peixinho, Diretor da APLB/Sindicato delegacia Sisal Norte Santa Luz, destaca a gratidão da APLB pela oportunidade de participar da I Roda de Conversa e aproveitou para “parabenizar e agradecer a Rádio Comunitária Santa Luz FM e o Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural da Universidade do Estado da Bahia, Campus II – Alagoinhas, que segundo ele, “foi a realização do grandioso evento, ocorrido no auditório da APLB”.

Clenildo aproveitou também para agradecer ao comunicador Edisvânio Nascimento pela mediação, à Dra. Jailma Pedreira e ao Dr. Osmar Moreira e acrescentou considerando “que foi um evento que vai repercutir no município de Santa Luz, por estarem presentes Educadores e Sociedade Civil, de grande influência no município”. Ainda de acordo com Clenildo, a “discussão foi muito qualificada, que deixou o desejo da realização de outros encontros para tratar da temática: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos. Parabéns a todos os envolvidos! Concluiu.

Após a roda de conversa foram lançados os livros: Um Oswald de bolso (Quarteto, 2010); A luta desarmada dos subalternos (Ufmg, 2016); Primeiros passos de um crítico cultural (EdUNEB, 2016); Folhas venenosas do discurso (Quarteto, 2002) e Arquivos testemunhos e pobreza no Brasil (Eduneb, 2016).

O evento teve como organizadores a Rádio Comunitária Santa Luz FM, Rádio Web Pós-Crítica – UNEB – Alagoinhas e contou com o apoio cultural da APLB de Santa Luz e dos sites Vem Ver cidade e Notícias de Santa Luz.

 

Redação: Santa Luz FM

Animadores da I roda de conversa promovida pela Santa Luz FM dialogam no rádio revista sobre o tema Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos

Na última Segunda-Feira (26), o programa Rádio Revista da Rádio Comunitária Santa Luz FM, mediado pelo radialista Dil Carmo, recebeu o Comunicólogo Edisvânio do Nascimento Pereira (mestrando em Crítica Cultural/UNEB); Profa. Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira (Pós-Crítica/UNEB) e Prof. Dr. Osmar Moreira dos Santos (Pós-Crítica/UNEB), que participaram como animadores da I Roda de Conversa com o tema: Semiologia dos meios: comunicação em rede contra os monopólios midiáticos.

Dra. Jailma dos Santos Pedreira Moreira

Dr. Osmar Moreira dos Santos

Durante o bate papo que durou mais de 50 minutos, os animadores da mesa fizeram um preâmbulo como aquecimento, a respeito do tema e destacaram as suas expectativas.

O evento teve como organizadores a Rádio Comunitária Santa Luz FM, Rádio Web Pós-Crítica – UNEB – Alagoinhas e contou com o apoio cultural da APLB de Santa Luz e dos sites Vem Ver cidade e Notícias de Santa Luz.

Redação: Santa Luz FM

Confira aqui os melhores momentos.

Santa Luz FM inicia a primeira de duas séries de entrevistas com prefeituráveis: primeiro a ser entrevistado envia nota justificando a sua ausência

Visando democratizar a informação e contribuir para a construção do pensamento crítico dos cidadãos e cidadãs de Santa Luz, a Associação de Radiodifusão Comunitária Santa Luz FM – 104.9, iniciou na manhã desta Segunda–Feira (12), a primeira de duas séries de entrevistas com candidatos a prefeitos e prefeita de Santa Luz.dsc_0267

A ideia é possibilitar que o eleitorado luzense possa avaliar de forma democrática e com igualdade, as propostas dos/a postulantes ao governo municipal para os próximos quatro anos.

De acordo com critérios e regras definidas em reunião realizada no dia 29 de Agosto, entre a emissora e as assessorias dos candidatos Robson Sena da Coligação: Renova Santa Luz – PT – PCdoB e PHS; Quitéria Carneiro Araujo, Coligação É a vontade do povo – PSD – PP – PDT e Joelcio Martins da Silva da Coligação Renasce a esperança – PMDB – PRB – PPS – DEM – PSB e PV.

dsc_0291Por volta das 09 horas e 54 minutos da manhã desta Segunda-Feira, quando tudo estava aparentemente pronto para a realização da entrevista, a rádio recebeu do candidato uma nota informando a sua ausência.

Confira a nota aqui!

Diante da ausência do candidato, a rádio manteve a sua programação voltada para o tema, conforme determinam as regras e critérios e assim, o tratamento será dado igualmente para todos os candidatos e coligações.
Ainda conforme o calendário de entrevistas para esta primeira série, está o seguinte:

13/09 – Quitéria Carneiro Araújo PSD – COLIGAÇÃO É A VONTADE DO POVO.

De acordo com a assessoria do Departamento de Jornalismo da Santa Luz FM, a candidata não deverá comparecer também para a entrevista, visto que esta não oficializou a sua participação 48 horas antes da realização da entrevista, conforme determinam as regras. Ainda de acordo com a assessoria da rádio, os procedimentos serão os mesmos adotados na manhã desta Segunda-Feira, com a ausência do candidato Joelcio.

No dia 14/09– será a vez de Robson da Silva Sena – PT – COLIGAÇÃO RENOVA SANTA LUZ.

Para o radialista, Diretor Executivo e assessor do Departamento de Jornalismo da Santa Luz FM Edisvânio Nascimento, esse é mais um momento em que a rádio proporciona aos candidatos e ao eleitorado luzense, uma grande oportunidade. De acordo com ele, essa é a oportunidade dos candidatos debaterem e apresentarem suas propostas para os próximos 4 anos no município, e, para o eleitorado avaliar melhor o que pensa cada candidato.

“Esperamos que possamos ter as duas séries de entrevistas e o debate de alto nível e que de fato, os candidatos possam aproveitar bem os seus tempos de fala para apresentarem as suas propostas. Em 2012, pudemos viver uma grande festa da democracia, quando na oportunidade, todos os candidatos participaram tanto das duas sabatinas, quanto dos dois debates”. Nascimento concluiu dizendo que “nossa parte estamos fazendo e iremos continuar com todo amor e carinho. Nosso esforço será concentrado em fazer o melhor possível nestes eventos, para que eles aconteçam à altura da grandeza de Santa Luz e que ao final tanto candidatos quanto eleitores saiam vitoriosos”.

Rádio Comunitária Santa Luz FM