Tag Archives: Saude

Hospital diz que Jô Soares não tem previsão de alta

Apresentador foi internado na sexta-feira (25) (Foto: TV Globo/Programa do Jô)

Apresentador foi internado na sexta-feira (25)
(Foto: TV Globo/Programa do Jô)

O apresentador e humorista da rede Globo de Televisão Jô Soares continua internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para tratar de uma pneumonia.
A assessoria de imprensa do hospital informou no começo da tarde de hoje (04). Ainda de acordo com informações do centro médico, não há previsão de alta.
Segundo o boletim divulgado na ultima segunda (28), Jô está sendo tratado com antibióticos. O apresentador de 76 anos foi hospitalizado na última sexta-feira (25). Segundo a direção do programa, a doença foi detectada ainda no princípio e o tratamento está evoluindo bem.
Ainda de acordo com a direção, enquanto não houver disponibilidade para novas gravações, a direção fará reprises e homenagens a serem definidas.

Com informações do G1. Edição: Edisvânio Nascimento

Um minuto de exercício intenso é bom para os idosos

Foto: Cultura mix

A Universidade de Abertay, na Escócia teve a ideia de testar um programa de exercício que deixa de fora a resistência e aposta na intensidade, de forma a perceber se teria efeitos na vida de pessoas com mais de 60 anos. Após seis semanas de exercício perceberam que realmente tem impacto na saúde dos mais idosos, avança o i.

Bastaram duas sessões semanais de menos de uma hora ao longo de seis semanas e houve uma evolução de um grupo de 12 homens e mulheres. Além de ter havido uma redução muito significativa da pressão sanguínea e de uma melhoria na condição física.

As tarefas domésticas como levantar a cadeira, carregar os sacos das compras ou passear o cão ajuda bastante. Chamam-lhe de treino de alta intensidade.

O líder da investigação, John Brabaj seguiu num laboratório o ritmo dos seis homens e seis mulheres e colocou-os a correr numa bicicleta intensamente, por apenas seis segundos e seguiam-se minutos de descanso, para dar tempo de recuperar.

Inicialmente faziam seis prints, no final já faziam 12 e dez, num minuto a pressão arterial foi caindo até chegar aos 9%.

Informações Noticias ao Minuto.

Vacina contra a Hepatite A é inserida nos postos de saúde de Sergipe

Ilustração

A vacina contra a Hepatite A já faz parte do calendário básico de vacinação e estará disponível nas unidades de saúde de todo o Estado a partir da segunda quinzena de agosto. A vacina é destinada a crianças a partir de 12 meses a menores de dois anos de idade.

‘Não é campanha. É rotina’, destacou a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Sândala Teles. Ela acrescentou que a introdução dessa vacina faz parte da ampliação do Calendário Nacional de Vacinação por parte do Programa Nacional de Imunização. A meta é vacinar 95% do público alvo.

De acordo com Sândala Teles, o Ministério da Saúde já encaminhou para Sergipe as 10.800 doses. “A partir do dia 4 de agosto iniciaremos a distribuição para os municípios”, disse.

Hepatite A

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano, ocorrem cerca de 1,4 milhão de casos de Hepatite A no mundo. Nos países com precárias condições sanitárias e socioeconômicas, a Hepatite A apresenta alta prevalência.

“A hepatite A é uma doença benigna na infância e de incidência frequente e precoce nas populações de baixa renda que vivem em más condições de saneamento básico”, ressaltou Sândala Teles.

A principal via de contágio é a fecal-oral por contato inter-humano ou por meio de água e alimentos.

Informações G1.

Google quer criar o mapa genético do humano com “saúde perfeita”

(Foto: Reprodução)

O próximo grande projeto do Google tem a ver com genética. O laboratório Google X, que realiza as pesquisas mais ambiciosas e arriscadas da empresa, como o Google Glass, o carro autônomo e os balões de internet, agora inicia o “Baseline Study”, uma aposta que tem como objetivo criar o mapa genético de um ser humano perfeitamente saudável.

O objetivo é servir como referência química de como é o corpo humano em pleno estado de saúde para poder identificar anomalias muito antes de doenças se manifestarem. Assim, a medicina poderia avançar para a prevenção de males em vez de apenas seu tratamento.

Para isso, serão analisadas 175 pessoas inicialmente, com outras milhares por vir. Elas oferecerão informação genética e molecular por meio da coleta de sangue e saliva. Com estes dados, o Google X levará o resultado do estudo para a Universidade de Stanford e a Universidade de Duke, nos Estados Unidos, para ampliação de escala do estudo.

“Se nós conseguirmos detector as mudanças antes, assim que o corpo começa a abandonar uma química ‘saudável’, isso pode mudar o modo como doenças são identificadas, tratadas ou mesmo evitadas”, diz o comunicado oficial divulgado pela empresa.

O Google diz que a pesquisa não irá gerar nenhum produto específico para a empresa, mas “servirá como uma contribuição para a ciência”. Contudo, não é negado o propósito de que isso possa “gerar novas ideias para projetos futuros, não só do Google, mas para toda a indústria de tecnologia e saúde.”

É um fato que nos últimos tempos a companhia tem se aproximado do ramo de saúde, anunciando sua lente de contato especial para diabéticos e com o CEO e cofundador Larry Page criando uma nova empresa chamada Calico, que tem como objetivo atacar problemas de saúde relacionados à idade.

O Google também diz que os dados da pesquisa serão anônimos e limitados aos propósitos de pesquisa e para fins médicos, e não serão oferecidos a empresas de seguros, nem serão usados de qualquer outra forma comercial. O uso destas informações também será controlado por quadros institucionais.

Informações Olhar Digital.

Municípios tem ate agosto para cumprir Política Nacional de Resíduos Sólidos

Municípios não estão cumprindo a lei 12.305 que está em vigor desde 2010.

Lixão de Santaluz Foto: Santa Luz FM/arquivo

Em entrevista a Rádio Nacional, de acordo com a gestora Ambiental e especialista em Planos Municipais de Resíduos Sólidos, Thaís Cazzaro, desde a promulgação da lei, a procura dos municípios para a confecção do planejamento da política de resíduos sólidos aumentou. A lei prevê a coleta seletiva, a educação ambiental, a integração entre o setor público e o privado e o principal deles, que seria o encerramento dos lixões até agosto de 2014.

A previsão da política era que, até 2012, todos os municípios brasileiros já tivessem seus planos em mãos, no entanto, até agora, apenas um terço dos municípios têm os planos em mãos e dois terços ainda estão pendentes para realizar este planejamento.

A justificativa dos municípios para não cumprir a obrigação é o déficit de recursos financeiros, operacional e técnico. Os municípios que não cumprirem a lei e não fecharem seus lixões estão sujeitos à penalidade que pode variar de R$5 mil a R$50 milhões, dependendo do impacto real ou potencial que o lixão pode apresentar. Saiba mais sobre a Política de Resíduos Sólidos na entrevista do programa Revista Brasil.

Informações EBC/Rádio Nacional. Edição Joel Santos.